8 motivos pelos quais você deveria praticar Pilates

23/08/2017

Você provavelmente já ouviu falar em Pilates, mas você conhece os benefícios que ele promove na saúde do corpo e da mente? Listamos 8 motivos abaixo.

 

 

 

 

1) Pilates é fantástico para o abdômen

 

O Pilates é uma prática que tem como foco principal o fortalecimento da base que sustenta nosso corpo, mais especificamente a região do core, abdômen e lombar, definida como “Power House”. Desta forma, mesmo em exercício onde o foco seja outro grupamento muscular, tanto o abdômen, como o core e a lombar estarão ativados. Quando um aluno inicia nas aulas de Pilates, o professor busca nas primeiras aulas trabalhar com o controle tônico desta região e o controle da respiração, enfatizando a musculatura do abdômen em específico.

 

 

2) Pilates contribui, e muito, para o alívio de dores nas costas

 

A maioria dos exercícios de Pilates fortalecem os músculos necessários para dar suporte adequado à coluna e facilitam a conscientização sobre o que realmente é a postura correta. Ao promover o fortalecimento da região lombar-pélvica, o Pilates alivia o estresse na área e mantem a coluna estabilizada e sem desvios.

De acordo com um estudo do Journal of Orthopaedic & Sports Physical Therapy, mulheres que sofriam de crônicas dores lombar, após praticar Pilates por apenas quatro semanas tiveram maior alívio do que aquelas que visitaram um médico ou especialista. Além do mais, a dor permaneceu longe por um ano após os treinos de Pilates.

 

3) Pilates cuida muito bem de suas articulações


Os exercícios de Pilates são projetados para alongar e fortalecer grupos musculares opostos ao mesmo tempo. Isso significa que os músculos que sustentam a coluna, joelhos, quadris e ombros estarão em equilíbrio. Esta prática corretiva, por sua vez, irá levar as articulações a se moverem mais eficientemente e com menos desgaste, resultando em menos dor.

 

4) Pilates ativa o foco

 

A prática de Pilates exige que você preste atenção em 3 pontos-chave: respiração, músculos e movimentos. Parece fácil? Na verdade, demanda muita concentração. Você é estimulado a deixar seus problemas de lado e voltar sua atenção inteiramente para você, exercitando sua capacidade de foco.

 

5) Pilates melhora o desempenho sexual

 

Um dos princípios do Pilates é o fortalecimento da região pélvica, que corresponde ao abdômen, coluna e parte interna da coxa. Quando fortalecemos a região pélvica, consequentemente melhoramos a contração vaginal, contribuindo para o aumento do prazer na hora do sexo. Esses exercícios também são ótimos para resolver problemas como o de bexiga caída, muito comum após o parto.

 

6) Potencializa o desempenho esportivo

 

O Pilates é um ótimo aliado a performance de atletas. A prática do Pilates melhora a capacidade respiratória, aumenta a flexibilidade e a resistência, fortalece os músculos do “core” e diminui o impacto nas articulações, prevenindo lesões. Além de ser extremamente eficaz no alívio de dores e fadiga pós treino.

 

7) Deixa seu corpo muito mais flexível

 

Com os exercícios do Pilates é possível conquistar uma melhor postura, músculos mais flexíveis e o relaxamento do corpo e da mente. Sendo assim, exercícios com a utilização do Cadillac, do Barrel e da bola suíça são os mais indicados para quem deseja promover o alongamento do corpo e consequentemente aumentar a flexibilidade. Mais do que simplesmente conseguir realizar movimentos diversos, ter flexibilidade corporal é um dos fatores fundamentais para manter a saúde em dia e poder realizar tarefas sem dores e incômodos.

 

8) Aumenta seu poder cerebral

 

Joseph Pilates chamou seu método de treino "o exercício do homem pensante". E parece que ele tinha razão! Quando pesquisadores chineses mediram as mudanças na atividade cerebral das mulheres após 10 semanas de treinamento em Pilates, eles encontraram um aumento no poder de pico alfa do cérebro, que está relacionado à atividade da rede neural, ao desempenho da memória e a outras funções cognitivas. Os pesquisadores acreditam que Pilates pode até ter potencial como opção de tratamento para pessoas com doenças cérebro-degenerativas e disfunções cognitivas.

 

 

Gostou do artigo? Deixe sua opinião abaixo.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Destaques

Atletas de alto rendimento fazem pilates, você sabia?

11/10/2018

1/6
Please reload

Recentes
Please reload